segunda-feira, 24 de julho de 2017

TRILHA DO MORRO DA URCA. Tudo que você precisa saber.



Ponto turístico no estilo cartão postal, o Morro da Urca e o Morro do Pão de Açúcar - ligados pelos famosos bondinhos - são parada obrigatória para quem vem ao Rio de Janeiro, ou até para moradores como nós dois, completamente apaixonados pelo Rio.
Os bondinhos estão aí há um pouco mais de cem anos. Os primeiros datam de 1912 e tinham o mesmo formato dos bondes que circulavam pelas ruas do Rio, daí o nome ‘bondinho’, e não teleférico.
Desde então, já foram três modelos. O segundo bonde é de 1972 (ano em que Fliess nasceu!) e o atual é de 2008.
O passeio, no entanto, é caro. Coisa para turista mesmo! Um adulto paga atualmente R$ 80,00 (inteira) no passeio de ida e volta aos dois morros. Imaginem o custo disso para uma família com quatro pessoas, por exemplo!!!
O que não muitos sabem é que é possível subir o Morro da Urca (o primeiro morro) por uma trilha. Sim, uma trilha! Sem guia e totalmente de graça! 0800!!!
Essa, então, será a dica de O Blog de Nós 2 no post de hoje.

O quão fácil ou difícil é a trilha?
A Trilha do Morro da Urca, na verdade, é bem tranquila. É possível encontrar adultos e crianças subindo e descendo. Para terem uma ideia, Fliess (45) & Rossini (51) (Revista Caras isso aqui agora… Hahahahaha…), ambos sedentários de carteirinha e acima do peso (momento esculacho) conseguiram fazer a trilha em meia hora. Ou seja, molezinha… A média é de 20 à 40 minutos. dependendo da sua disposição e condicionamento físico.
O início parece um pouco íngreme, mas não se assustem!
De repente, vale a pena evitar subir após dias chuvosos. Pode ficar escorregadio.
O caminho todo é muito bem marcado e sinalizado. Não tem como se perder. Em algumas partes, é até possível encontrar escadas de madeira. Em outros trechos, foram feitos alguns degraus escorados com bambus super resistentes. Há momentos em que você terá que pisar em pedras, mas nada complicado. Basta seguir com cautela.


O que pode ser encontrado pelo caminho?
Você estará adentrando em um trecho da Mata Atlântica. Pelo caminho, além da vegetação, você poderá se deparar com pássaros, borboletas, insetos (incluindo mosquitos, então, leve repelente), saguis (miquinhos), flores e árvores típicas da Mata Atlântica como o famoso Pau Brasil, ipês, jacarandás, figueiras, entre outras… Sem contar a bela vista para o mar da Praia Vermelha na Urca.

Como chegar à Trilha do Morro da Urca?
Primeiro, você precisa chegar à Praia Vermelha, na Urca. Há linhas de ônibus (partindo do centro e da zona sul da cidade) que te levam até lá.
Este aqui será seu ponto de partida:



Uma vez que estiver na Praia Vermelha, caminhe para o lado esquerdo, até o final. É pouca coisa pois a praia é bem pequena. Lá você encontrará uma placa indicando o início da Pista Cláudio Coutinho, também conhecida como Caminho do Bem-te-vi e Estrada do Costão, onde a aventura começa. Essa pista é pavimentada e usada para caminhadas e corridas. Está sempre cheia de gente indo e vindo. Do lado direito, temos a vista para o mar. Do lado esquerdo, os costões do Morro da Urca. Tudo em meio à natureza. O local é seguro, patrulhado pelas Forças Armadas. Não é permitido transitar de bicicleta, skate ou patins, e nem levar seu pet.


Um pouco mais à frente, do lado esquerdo, fique atento. Há uma placa mostrando o início da trilha:


Aqui estão algumas fotos do que vimos ao subir a Trilha do Morro da Urca:









Quando você der de cara com essa construção, sorria! Você chegou ao topo!
E o melhor de tudo: sem gastar um tostão $$$$ !!!!


E para voltar?
Para voltar, é só pegar a mesmíssima trilha - só que descendo. Ou pode pegar o bondinho de volta para a Praia Vermelha. O ticket vai custar R$25,00 (inteira) e R$12,50 (meia). Aí é contigo!



No topo do Morro da Urca
Mas não deixe de curtir o topo do Morro da Urca, com sua bela vista para a cidade do Rio de Janeiro. Logo na entrada, podemos encontrar os dois primeiros bondinhos e uma estátua de Augusto Ferreira Ramos (idealizador do caminho aéreo do Pão de Açúcar). Lá de cima, é possível contemplar o Morro do Pão de Açúcar bem pertinho da gente, a Pedra da Gávea, o Corcovado, a Baía de Guanabara, a Ponte Rio-Niterói, a praia da Urca, ou seja, um espetáculo! Há também lojinhas e lugares para comer. Então, faça como a gente, relaxe, aproveite e tire lindas fotos. Aqui estão algumas fotos que tiramos:









Esperamos que tenham gostado da dica!
Aproveitem as férias de julho e até a próxima postagem!
Beijos de Fliess & Rossini.

2 comentários:

  1. Adorei as dicas! Sempre tive vontade de fazer essa ttinha,mas não sabia como. Vou me programaresponder para fazer a trilha e precisar as paisagens e vista lindas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou das dicas, Paola!! Não tem como errar! Agora que você já sabe como faz, aproveite! Temos certeza que você vai adorar. Bjos e obrigada pelo comentário. Fliess & Rossini.

      Excluir